CONQUISTAS

Entre as suas principais

conquistas estão:

  • Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas, 2004;
  • Medalha de Ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, 2003;
  • Medalha de Ouro nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, 1999;
  • Medalha de Prata nos Campeonatos Mundiais de Revezamento em Estrada - Kopenhagen, 1996;
  • Medalha de Bronze por equipes na Copa do Mundo de Maratona Atenas, 1997;
  • Campeão da Maratona de Hamburgo, 2004;
  • Campeão da Maratona de São Paulo, 2002;
  • Campeão da Maratona de Tóquio, 1996;
  • Campeão Sul-Americano de Cross Country, Cali, 1995;
  • Campeão da Maratona de Reims, 1994;
  • Vice-campeão da Maratona de Beppu-Oita, 2000;
  • Vice-campeão da Maratona de Tóquio, 1998;
  • Vice-campeão da Maratona da Coréia, 1997;
  • Vice-campeão da Meia Maratona de Berlim, 1994;
  • Terceiro colocado na Maratona de Rotterdam, 2000;

 

  • Terceiro colocado na Maratona de Fukuoka, 1999;
  • Terceiro colocado na Meia Maratona de Tóquio, 1994
  • Quinto colocado na Maratona de Nova Iorque, 1998

 

PRÊMIOS

MEDALHA PIERRE DE COUBERTIN

(Olimpíada de Atenas - 2004)

Concedida pelo Comitê Olímpico Internacional, a medalha Pierre de Coubertin é destinada a atletas que demonstram elevado grau de esportividade e espírito olímpico durante a disputa dos Jogos. A medalha não tem relação com o desempenho técnico do competidor, mas sim, com suas qualidades morais e éticas demonstradas durante situações difíceis ou inusitadas, acontecidas durante as disputas.

III PRÊMIO

ERNEST LLUCH

(Espanha - 2004)

Concedido anualmente para as personalidades do meio esportivo que tenham conduta exemplar e civismo durante as competições. Vanderlei conquistou o Prêmio da Fundação em novembro de 2004, em reconhecimento ao “jogo limpo e valores olímpicos”.

PRÊMIO BRASIL OLÍMPICO

(Comitê Olímpico Brasileiro - 2004)

O símbolo do reconhecimento aos atletas brasileiros. Foi criado em 1999, por iniciativa do COB.  Categorias conquistadas por Vanderlei em 2004: Melhor Atleta do Ano; Personalidade Olímpica do Ano; Melhor Atleta do Atletismo Brasileiro do Ano.

HOMENAGENS

PIRA OLÍMPICA DOS JOGOS DO RIO 2016 (Estádio do Maracanã, 2016)

Por toda a sua trajetória, Vanderlei foi convidado a ser protagonista em um dos momentos mais emblemáticos das olimpíadas, acender a pira. O ato foi cercado de emoção e reconhecimento por sua atitude nos Jogos Olímpicos de Atenas.

Embaixador da Maratona da Paz, na divisa entre a Coréia do Norte e a Coréia do Sul (2007)

 Porta-bandeira da delegação brasileira nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro (2007);

- Integrante do revezamento da tocha olímpica em Londres (2012)

Embaixador do evento One Young World em Pittsburgh (2012);

Homenageado pelo Museu de Maratona, na Grécia (2014);

Troféu Adhemar de Barros, concedido pelo Comitê Olímpico Brasileiro, para homenagear atletas que carregam os valores positivos do esporte

Troféu JK e moção honrosa da Câmara Municipal da Cidade do Rio de Janeiro (2016);

Site desenvoldido por: PRG Estudio Criação e Design